30/03/2020

Caixas de fósforos (3)

A história destas caixas de discos (que são, bem, incríveis, e bem gravados, e com música do caneco!) é muito simples: Um dia, lá para 90 e tais, recebo um telefonema de um amigo dos escoteiros que me diz «epá, o meu pai vai aqui deitar uns discos para o lixo, queres ver se te interessa?» A resposta, à partida, seria sempre sim, não interessa quais os discos. Mas mais ainda quando soube e vi o que era. 

É uma colecção de 9 caixas, uma delas com um livro: uma breve história da música, escrita por Norbert Dufourcq, e uma listagem das músicas todas dos LPs. 
As arranhadelas nas lombadas foram cortesia dos meus gatos (de quando tinha disso em casa), mas percebe-se: as caixas são forradas a serapilheira e dá mesmo vontade de arranhar aquilo tudo. 

Sobre a editora Sassetti (da família do Bernardo), podem ver mais aqui e aqui (com fotos).









29/03/2020

Caixas de fósforos (2)

Isto de ser de uma família chique a valer tem as suas vantagens, nomeadamente no que diz respeito a papéis que se encontram no fundo de gavetas.

O meu bisavô foi presidente do Supremo Tribunal de Justiça, durante o Estado Novo. Confesso que desconheço qual o envolvimento dele com aquela gente (terei de perguntar à minha mãe), mas sei de histórias, coisas como ele odear padres mas ter por melhor amigo um padre, ou de ele ser secretamente contra o Salazar, mas duvido muito: afinal, esteve naquele cargo durante 13 anos (34-47). É o 20.º, aqui nesta lista. O primeiro documento, aqui em baixo, data de 1901 e é a nomeação dele para (cito) «o logar vago de delegado do procurador da coroa e fazenda da comarca da Beira, da provincia de Moçambique», naquele que, suponho, tenha sido o seu primeiro posto de trabalho. 









O meu pai era diplomata. Quando nasci, em 1978, ele estava como secretário (não percebo nada dos escalões da carreira diplomática, mas bom, era um diplomata em início de carreira) na Jugoslávia. Lična karta quer dizer Carta de identidade e é curioso ter na mão um documento de um país que já não existe. 






28/03/2020

A minha colecção de caixas de fósforos

Talvez a palavra passe, não sei, mas uma das razões, parece-me, para ter poucas visitas cá em casa talvez seja o facto de, mal apanhe aqui alguém, começar a desarrumar prateleiras e a mostrar coisas*. Todo o tipo de coisas. Com algum, digamos, entusiasmo. Já aqui falei antes nisso: tenho a casa cheia de tesouros; tesouros que, no geral, valerão qualquer coisa como 1 euro ou 2, mas tesouros ainda assim (para mim).
E imagino que seja mais ou menos como quando vamos a casa de alguém e nos perguntam, com um brilhozinho nos olhos, queres ver slidesdasférias-fotografiasdosputosquandoerampequenos-aminhacolecçãodecaixasdefósforos?

Partindo do princípio de que só aqui vem quem quer, vou entreter-me, nestes dias de ficanço-em-casa, a fotografar alguns desses objectos (que serão, na sua maioria, livros ou discos), espero que para os vossos deleite e curiosidade.

E começo com este: The Art of Looking Sideways, do Alan Fletcher. É uma espécie de passeio sem destino ou rumo por uma mansão cheia de curiosidades e informações úteis e inúteis, sempre bom para abrir ao calhas e mergulhar.













* talvez conte para alguma coisa, também, a comida ser frequentemente massa com atum
** nos livros em língua inglesa, chutarei sempre a BookDepository, 
embirro (e muito) com a Amazon. Além disso, os portes da BookDepository são gratuitos 



25/03/2020

Et de plomb et de plume 079



00:00 _ Mila Dores _ My favourite things (tirado, com autorização, de uma instastory)
02:11 _ Yael Naim _ How will I know
06:40 _ Graham Anthony Devine _ Pernambuco pó de mico
09:30 _ Lester Young _ Exercise in swing
12:30 _ Jim & Rob _ The song of the range
15:34 _ Lloyd Cole & The Commotions _ Mr. Malcontent
20:20 _ Kenny Garrett _ Countdown
23:45 _ Ella Fitzgerald _ Mean to me
27:10 _ Duke Ellington _ Sonnet for Sister Kate
29:29 _ Pat Metheny _ Question and Answer 
36:29 _ Martha Argerich / Chopin _ 3 mazurkas, op. 63
38:26 _ Bombino _ Tehigren
42:55 _ Elvis Presley _ Harbor lights
45:27 _ Dead Combo _ Zoe llorando
49:06 _ Lhasa de Sela _ Love come here
52:50 _ Marc Ribot _ Exercises in futility
56:56 _ Jean C. Roché _ Woodland edge in Bourgogne


(à memória da Diana)


12/03/2020

Et de plomb et de plume 078




00.00 _ Andante Spianato in E Flat (Chopin) _ Martha Argerich
04.51 _ Fandango _ Andrés Segovia
09.17 _ Joan, Cape Town Flowers _ Abdullah Ibrahim 
21.38 _ Minor Beatrice _ Andrew Bird
31.33 _ Coquette _ Avalon Jazz Band
34.49 _ Day in Day out (Nat King Cole) _ Cut Chemist 
37.31 _ The Cat _ Jimmy Smith
40.48 _ With a song in my heart _ Sonny Clark  
49.32 _ Louretta _ Agnes Obel
55.27 _ Jitterbug Waltz _ Fats Waller 
58.46 _ Scrapple from the apple _ Sonny Stitt